top of page
  • ASSEMCOM

Epitaciolândia ocupa o 2º Lugar no desempenho do IPS no Estado do Acre


Segundo levantamento feito pelo IPS Amazônia que mede o índice de Progresso Socioeconômico, destaca Epitaciolândia como o 2º Município com melhor desempenho em todo o estado do Acre tendo a sua frente apenas a Capital Rio Branco.


Á nível de região amazônica Epitaciolândia está dentre os 100 municípios ocupando a 65ª posição em um ranking de 772 municípios em todo Brasil. O Índice de Progresso Social (IPS) mede de forma holística e robusta a performance social e ambiental de territórios (países, estados, municípios etc.).


Esse índice foi elaborado por acadêmicos de grandes centros de pesquisa do mundo e, desde 2013, está sendo adotado globalmente com a liderança da Social Progress Imperative (SPI)[1]. O IPS foi concebido a partir do entendimento de que medidas de desenvolvimento baseadas apenas em indicadores econômicos são insuficientes, pois crescimento econômico sem progresso social pode resultar em degradação ambiental, aumento na desigualdade, exclusão e conflitos sociais.


O IPS, composto por indicadores exclusivamente sociais e ambientais, é agregado em 3 dimensões (Necessidades Humanas Básicas, Fundamentos para o Bem-estar e Oportunidades) e 12 componentes (Nutrição e Cuidados Médicos Básicos, Água e Saneamento, Moradia, Segurança Pessoal, Acesso ao Conhecimento Básico, Acesso à Informação e Comunicação, Saúde e Bem-estar, Qualidade do Meio Ambiente, Direitos Individuais, Liberdades Individuais e de Escolha, Inclusão Social e Acesso à Educação Superior).


O prefeito Sérgio Lopes destaca ainda que esse posicionamento mostra o potencial que tem Epitaciolândia por se situar em uma área de fronteira e ter uma economia em ascensão, tanto pela área comercial quanto pelo crescente agronegócio.


“É importante frisar que estar na 64ª posição em um ranking de mais de 700 municípios é muito satisfatório, isso nos coloca na rota de investimentos e surge como um bom potencial para futuros investidores, mostra ainda que estamos no caminho certo, ou seja: Crescimento em harmonia com preservação ambiental e desenvolvimento socioeconômico. ” Destacou.


0 comentário

Comentarios


bottom of page