...
 
  • wesley Cardoso

Prefeito Sérgio Lopes assina contrato de repasse com a Caixa Econômica Federal Projeto da nova ponte

ASSEMCOM

Um dos maiores problemas de infraestrutura do Alto Acre começou a ser resolvido com a destinação de recursos para construção da nova ponte que liga Epitaciolândia e Brasiléia. O prefeito Sérgio Lopes, conhecendo a necessidade de uma ponte de via dupla entre as cidades, buscou recursos junto aos parlamentares para executar a obra. Em Brasília, junto ao Gabinete da Deputada Federal Mara Rocha, conseguiu apoio para essa ousada empreitada, tendo a Parlamentar alocado 17,5 milhões para a obra.


No entanto, uma obra desse porte passa por um procedimento rigoroso de aprovação do projeto, para que não haja riscos na sua construção. Outros projetos apresentados já haviam sido reprovados em anos anteriores, mas, graças ao trabalho conjunto da Prefeitura de Epitaciolândia e do DNIT, o projeto atual foi aprovado inicialmente pela Marinha do Brasil, quanto à infraestrutura, e agora, pela Caixa Econômica Federal, que analisou a regularidade do processo.


A nova ponte, que é um sonho prestes a ser realizado, será liberada para passar pelo processo de licitação, sendo o próximo passo a ser dado pela Prefeitura de Epitaciolândia, que submeterá a licitação feita a aprovação da Caixa Econômica Federal novamente, uma vez que este é o órgão fiscalizador de todo o processo de construção da ponte e dos recursos nela aplicados, a qual a Prefeitura de Epitaciolândia prestará contas de tudo que for realizado.


O prefeito Sérgio Lopes, ao assinar o contrato, falou do impacto que a obra terá na região:


“Cerca de quatro mil pessoas passam diariamente pela ponte que existe hoje entre os municípios. Há dias em que o engarrafamento gera uma demora de até vinte minutos para que um veículo possa passar de um município ao outro, isso pode custar a vida de alguém, uma vez que ambulâncias do SAMU e dos Bombeiros atendem os dois municípios. Então, essa obra tem uma importância imensurável, é a realização de um sonho da população, que irá solucionar diversos problemas de trafegabilidade. É um desafio imenso, mas posso garantir que estamos prontos para executá-la.” Frisou Sérgio Lopes.


Hoje, foi feita a assinatura do contrato de repasse no valor de 17.593.358,00 (Dezessete milhões, quinhentos e noventa e três mil e trezentos e cinquenta e oito reais), com uma contrapartida da Prefeitura Epitaciolândia no valor de 18.000,00 (Dezoito mil reais). O processo está aguardando a licença ambienta que será emitida pelo IMAC, para, logo em seguida, poder iniciar o processo licitatório para contratação da empresa que realizará a edificação da obra.


0 comentário