• Ana_Freitas/Wesley_Cardoso

Os desafios na aprendizagem de crianças com necessidades especiais na pandemia


A Prefeitura de Epitaciolândia através da Secretaria Municipal de Educação (Semed). Tem se reinventado para criar novas estratégias de aprendizagens para crianças com necessidades especiais no AEE.


Neste momento de pandemia — uma experiência que foge do controle de nossa realidade pessoal e profissional, nós, enquanto educadores, nos perguntamos: Como podemos continuar atendendo nossos alunos dentro de suas casas? Qual a melhor forma para abordarmos essa situação com eles? Quais estratégias e recursos tecnológicos podemos utilizar para mediar sua aprendizagem?

Enquanto profissionais do AEE (atendimento educacional especializado), nos sentimos desafiados a buscar propostas de um atendimento pedagógico atraente e dinâmico para oferecer a continuidade dos estudos dos nossos alunos.


Dessa forma, mediadores e assistentes educacionais vem realizando um trabalho diferenciado no atendimento aos seus alunos, com a confecção de material adaptado de acordo com a necessidade de cada criança, têm ido as residências desses alunos (tomando todos os cuidados necessários) e têm levado o ensino de todas as formas, buscando minimizar todos os impactos causados pela pandemia no que se refere ao aprendizado das crianças especiais.


0 comentário