• Ana Freita/Wesley Cardoso/ASSEMCOM

EPITACIOLÂNDIA PARTICIPA DO ENCONTRO COM GESTORES MUNICIPAIS DE CULTURA


O Governo do Estado e a Fundação Cultural Elias Mansour (FEM) realizaram um encontro com os gestores municipais de cultura, que teve início na terça-feira, 14, e se encerrou nesta quarta-feira, 15, em Rio Branco. O evento aconteceu no Theatro Hélio Melo, no centro da capital, e contou com a presença de 18 secretários, dos 22 municípios acreanos.


O objetivo do encontro era escolher a nova diretoria da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), para o biênio 2022/2023.


Após vários debates voltados para o fortalecimento, e metas para a cultural e para os fazedores de cultura do Acre, os gestores, por aclamação, decidiram pelo nome do secretário municipal de cultura de Cruzeiro do Sul, Aldemir Maciel, como presidente da Comissão.


A mesa diretora é composta ainda pelo chefe do Departamento de Políticas Culturais da FEM, Diego de Negreiros, como vice-presidente, e pela diretora municipal de cultura de Epitaciolândia, Enage Peres, que assumirá a função de secretária-geral da CIB.



O presidente da Fundação de Cultura Elias Mansour, Manoel Pedro Gomes, destacou, durante sua fala, os avanços e desafios enfrentados pelos gestores, durante a pandemia.


“Tivemos mais de 1 ano e meio roubados, tivemos que ficar em casa, e isso foi prejudicial a todos, mas mais ainda para os fazedores de cultura em todo o Acre. E nós como gestores pudemos acompanhar esse momento tão delicado para eles. Tivemos muitos avanços e desafios vencidos neste período. A Lei Aldir Blanc nos possibilitou a dar uma nova chance a esses artistas e, com muita responsabilidade e transparência, capitaneamos o recurso de mais de 14 milhões de reais para todo o estado, e assim, os fazedores de cultura puderam respirar mais aliviados. E cada gestor em seus municípios dentro de suas limitações contribuíram para que esse setor tão especial que é a cultura não fosse tão penalizada”, destaca o presidente.


Em sua fala, após aclamação para exercer a presidência da Comissão, Aldemir Maciel destacou os desafios e metas que a Comissão buscará alcançar junto aos gestores em seus municípios.


“É muito grande o desafio de estar à frente da CIB, e vamos juntos trabalhar para implantar nos 22 municípios do Acre a lei do sistema de cultura. Temos dois grandes aportes financeiros para o incentivo à cultura em 2022, que é a lei Paulo Gustavo e Lei Aldir Blanc II que, para podermos acessar e executar, os municípios terão que já terem aprovado a Lei que institui o sistema municipal de cultura, esse é um dos vários desafios a serem alcançados pela CIB”, pontuou ele.

No final do encontro, o chefe do departamento de políticas culturais da FEM, Diego de Negreiros, destacou a importância do evento para a cultura local.


0 comentário